Histeroscopia

<< VOLTAR

SAIBA MAIS:

A histeroscopia é uma técnica da área da Ginecologia que efetua a inspeção médica da cavidade uterina através de endoscopia. Permite o diagnóstico de patologias intrauterinas e serve como método para intervenção cirúrgica. A histeroscopia diagnóstica é um exame realizado para observar a cavidade uterina e o canal cervical. A grande vantagem é a possibilidade de sua realização em ambulatório sem o uso da anestesia e sem requerer internação/internamento. Ela permite a visualização direta do interior do útero, com introdução de instrumental e uma ótica via vaginal que varia de 1,2mm a 4mm de diâmetro, podendo ser realizada no próprio consultório. Através da vídeo-histeroscopia, introduz-se pela vagina uma fina fibra óptica no canal uterino, que leva luz ao seu interior, bem como um gás (gás carbônico) para distendê-la, tudo controlado pelo histeroflator automático que oferece proteção e segurança quanto à absorção de CO² pela paciente. A utilização do gás está contudo a ser substituída pela utilização de soro fisiológico como meio de distensão, o que é mais seguro e permite além disso a realização de cirurgia histeroscópica com recurso à electrocirurgia bipolar em meio líquido (técnica de "ver e tratar"), um avanço muito importante. Após o exame a paciente poderá retornar às suas atividades cotidianas normais.

Indicações diagnósticas:

  • Infertilidade
  • Abortamento habitual
  • Sangramento uterino anormal
  • Pólipos
  • Miomas
  • Aderências
  • Espessamento do endométrio
  • Adenocarcinoma do endométrio