Notícias

Dia Mundial do Doador de Sangue: saiba mais sobre a doação de sangue

Dia Mundial do Doador de Sangue: saiba mais sobre a doação de sangue


Hoje, dia 14 de junho, é comemorado em O Dia Mundial do Doador de Sangue. O objetivo da data é homenagear a todos os doadores de sangue e conscientizar os não-doadores sobre a importância deste ato.

A falta do estoque no banco de sangue de um hospital pode levar ao cancelamento de cirurgias e de procedimentos. Isso pode, por exemplo, ser um enorme prejuízo em casos de transplantes e para pacientes em quimioterapia, que podem não resistir ao tratamento, caso não recebam o suporte de transfusão.

No Brasil, apenas 1,8% da população se dispõe a doar sangue, enquanto o ideal seria 5%.

Quem deseja ser um doador de sangue, precisa passar por uma avaliação prévia em ambulatório que tem o objetivo de detectar alguns impedimentos, como doenças, para a doação. Essa entrevista é particular e os dados são mantidos sob total sigilo.

OS CRITÉRIOS PARA DOAR SANGUE SÃO:

  • Estar em boas condições de saúde;
  • Ter entre 16 e 69 anos. (Pessoas acima de 60 anos só podem doar se já tiverem doado sangue alguma vez antes dessa idade);
  • Pesar no mínimo 50kg;
  • Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas);
  • Estar alimentado (evite alimentos gordurosos e aguarde até 2 horas para doar).

O QUE PRECISA PARA DOAR SANGUE?

  • Apresentar um documento original com foto, que permita o reconhecimento do candidato, emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social).

* Pessoas com menos de 18 anos precisam estar acompanhadas dos responsáveis ou com formulário de autorização.

QUEM NÃO PODE DOAR SANGUE?

  • Menores de 16 anos ou com idade acima de 69 anos;
  • Pessoas com menos de 50 kg;
  • Quem apresentar anemia no teste realizado imediatamente antes da doação;
  • Pessoas com hipertensão ou hipotensão arterial ou com batimentos cardíacos alterados no momento da doação;
  • Apresentar febre no dia da doação;
  • Quem levar uma criança menor de 13 anos para o hemocentro, sem a presença de outro adulto que possa acompanhá-la após a doação;
  • Quem adquiriu hepatite após os 11 anos de idade;
  • Os que apresentarem evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças infecciosas: Hepatites B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II, Malária e Doença de Chagas;
  • Quem faça uso de drogas ilícitas injetáveis.

Outros impeditivos temporários são:

  • Resfriado: aguardar 7 dias após desaparecimento dos sintomas;
  • Gravidez: espere 90 dias após parto normal e 180 dias após cesariana;
  • Amamentação (se o parto ocorreu há menos de 12 meses);
  • Ingestão de bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação;
  • Tatuagem/maquiagem definitiva nos últimos 12 meses;
  • Situações nas quais há maior risco de adquirir doenças sexualmente transmissíveis: aguardar 12 meses;
  • Qualquer procedimento endoscópico (endoscopia digestiva alta, colonoscopia, rinoscopia etc): aguardar 6 meses;
  • Extração dentária (verificar uso de medicação) ou tratamento de canal (verificar medicação): por 7 dias;
  • Cirurgia odontológica com anestesia geral: por 4 semanas;
  • Acupuntura: se realizada com material descartável: 24 horas, se realizada com laser ou sementes: apto, se realizada com material sem condições de avaliação: aguardar 12 meses;
  • Vacina contra gripe: por 48 horas;
  • Herpes labial ou genital: apto após desaparecimento total das lesões;
  • Herpes Zoster: apto após 6 meses da cura.

O DOADOR PASSA PELAS SEGUINTES ETAPAS PARA DOAR SANGUE:

  1. Cadastro:Cadastro do candidato à doação com a apresentação de documento oficial com foto;
  2. Pré-triagem:Verificação dos sinais vitais (pressão arterial, temperatura e batimentos cardíacos), peso e teste de anemia;
  3. Triagem clínica:Entrevista individual e sigilosa onde serão avaliados os antecedentes e o estado atual de saúde do candidato à doação para determinar se a coleta poderá trazer riscos para ele ou para o receptor;
  4. Coleta de sangue: Coleta de aproximadamente 450ml de sangue e amostras para a realização dos testes laboratoriais;
  5. Alimentação:Após a doação de sangue o doador receberá um lanche. É recomendável que o doador permaneça no mínimo 15 minutos no hemocentro e beba bastante líquido durante o dia.


Uma pessoa adulta possui em média cinco litros de sangue e em uma doação são coletados no máximo 450 ml.  Com isso, é possível salvar até quatro vidas.

Venha fazer parte desta corrente, ajude a salvar vidas!
Localize aqui o hemocentro mais perto de você e saiba onde doar sangue. 


Doar sangue é um processo fácil, rápido, seguro e solidário!