Notícias

10 coisas que você precisa saber sobre a doação de sangue

10 coisas que você precisa saber sobre a doação de sangue

Seu sangue pode salvar a vida de bebês que ainda nem nasceram, você sabia?

1) Idade entre 16 e 68 anos

Para doar sangue é preciso ter idade entre 16 e 68 anos. Apesar disso, jovens menores de idade, com 16 e 17 anos, precisam da autorização dos pais ou responsáveis. O modelo da declaração pode ser encontrado no site do hemorio.

2) Pesar mais de 50 quilos

O volume de sangue coletado está diretamente relacionado ao peso, por isso pessoas com menos de 50 quilos não podem doar o volume mínimo necessário. Quem teve perda inexplicada de 10% do peso em menos de um mês também não pode doar

3) Não ingerir bebida alcoólica

 Além dos alimentos gordurosos, o candidato não pode tomar bebidas alcoólicas pelo menos 12 horas antes de doar sangue

4) Tatuagem

Esse não é um impedimento eterno para doar sangue. O candidato que tiver feito uma tatuagem recentemente só está liberado para doar após 1 ano. Depois disso ele pode fazer a doação normalmente

5) Febre, gripe ou resfriado

Quem estiver com temperatura acima de 37 graus, febre ou gripe não está apto a doar sangue. Caso tenha tomado a vacina da gripe, recomenda-se esperar 30 dias antes de doar

6) Extração de dente

Outro impedimento provisório é a extração de dente. Não se pode doar até 72 horas após se retirar um dente

7) Gravidez

Mulheres grávidas só podem doar após o parto. É preciso esperar 90 dias após um parto normal e 180 após uma cesariana. Já quem está amamentando precisa esperar pelo menos 1 ano antes de se candidatar para doar

8) Seu sangue pode ajudar pessoas que ainda não nasceram

O sangue que você está doando hoje pode ser destinado a uma transfusão intrauterina para bebês que ainda nem nasceram, mas que já apresentam uma grave anemia fetal causada por uma infecção pelo parvovírus ou incompatibilidades com o fator RH da mãe, entre outros motivos. Nesse caso, seu sangue será transferido diretamente no cordão umbilical do bebê, que é puncionado com o auxílio de imagens ultrassonográficas.

9) Você pode declarar anonimamente que seu sangue não deve ser utilizado

Trata-se do voto de autoexclusão, que é feito em uma máquina após a doação. Na tela, você lerá uma mensagem com as condições que inviabilizam a utilização do sangue, como abuso de álcool, uso de drogas, passagem pelo sistema prisional e comportamento sexual de risco. Em seguida, você deverá escolher o botão que indica se seu sangue pode ser utilizado para transfusão ou não.

10) É importante lanchar após a doação

Tome bastante água, chás e sucos e aceite os biscoitinhos salgados – eles são importantes para ajudar seu organismo a reter os líquidos nesse primeiro momento.


Lembre-se: é muito importante você estar com a saúde em dia para doar sangue. Marque uma consulta com um dos nossos especialistas para avaliar sua saúde.